Produção AV

Produção autoral e sob encomenda: Curtas-metragem, vinhetas, coberturas e outras produções.

OUVIDOCHÃO – IDENTIDADES QUILOMBOLAS

Buscando retratar paisagens sonoras em territórios quilombolas, este documentário em progresso aborda a memória e a construção de identidades quilombolas a partir de dois personagens, moradores do Quilombo. Seu Tilmo é pedreiro com larga experiência e que construiu boa parte das casas do quilombo. Mestre Jaburu é mestre de Capoeira e realiza um trabalho de difusão da cultura ancestral no território. Ambos falam de suas acolhidas no quilombo, suas lembranças na relação com o território e com as sonoridades quilombolas. Gravado no Quilombo Família Fidélix, Porto Alegre entre maio e junho de 2018, está em atual processo de finalização.

Realização: Gabriel Muniz
Produção Audiovisual: Cineclube Bamako

Porto Alegre, Novembro de 2019.

II ASSEMBLEIA DOS POVOS – COBERTURA AUDIOVISUAL

Cobertura dos 3 dias da II Assembleia dos Povos, realizada pela Frente Quilombola RS em março de 2018. O evento contou com apresentações culturais, grupos de discussão, mesas temáticas e uma plenária final com encaminhamentos. Este encontro histórico para as lutas sociais no RS contou com diversas representações quilombolas, indígenas, palestinas e populações em situação de rua.

Direção, Som e Montagem: Gabriel Muniz
Fotografia: Douglas Freitas, Júlia Araújo
Produção Audiovisual: Cineclube Bamako / Frente Quilombola RS

Porto Alegre, Março de 2018.

ASÈ SALAMALEIKO – VIDEOCLIPE BANDA N’ZAMBI

Videoclipe da música Asè Salamaleiko, da Banda N’Zambi. Asè Salamaleiko traça uma narrativa musical e audiovisual que liga contextos históricos, sociais, religiosos e geográficos em torno das tradições de matriz africanas. As lutas, costumes e dinâmicas coletivas do passado em África reverberam ainda hoje nas vivências contemporâneas no bairro da Várzea. O videoclipe propõe, assim, uma abordagem atemporal das coletividades, ressaltando o respeito às diferenças, tanto no espaço global, quanto na comunidade onde cresceu e mantém sua luta, com o movimento Salve o Casarão da Várzea!

Realização: Gabriel Muniz, Carol Oliveira, Douglas Henrique, Rodrigo Vieira

Recife, Dezembro de 2016.

VIA LIVRE – DOCUMENTÁRIO / EXPERIMENTAL

Sinfonia urbana na periferia do capitalismo.
Poesia do acaso na transversal da cidade.
Fragmentos do cotidiano, movimento circular.

Recife, Julho de 2016.

PRA VERDADE ESTREMECERVIDEOCLIPE BANDA N’ZAMBI

Videoclipe inspirado na música ‘Pra Verdade Estremecer’, faixa do disco homônimo lançado em 2014. Dirigido por Gabriel Muniz em parceria com o Cineclube Bamako e o Centro de Comunicação e Juventude(CCJ), sendo uma troca de serviços entre a N”ZAMBI e o Cineclube Bamako, cujo foco é o cinema africano e a diáspora.

A produção do clipe, que teve apoio do Centro de Comunicação e Juventude (CCJ), teve início em março deste ano e acompanhou o roteiro produzido entre a N’Zambi e o Cineclube Bamako. Todas as cenas do vídeo foram captadas em diversas locações do bairro da Várzea e retratam a banda e o protagonista Antônio “Rasta” em situações que deixam claro a viabilidade de deslocamento fluvial em pleno Rio Capibaribe, bem como o contraste urbano em pleno trânsito da cidade. Há também cenas gravadas diante dos graffitis nascidos no último Recifusion, realizado na Praça da Várzea ainda neste ano.

Recife, Dezembro de 2014.

XII CINE CHINELO NO PE – LIVRE REGISTRO

Fotografia: Rafael de Almeida
Som: Gabriel Muniz
Edição: Nanoproduções

Recife, Outubro de 2012.

ITAPOAMA REGGAE BEACH – COBERTURA AUDIOVISUAL

Fotografia: Jose Cleiton Carbonel / Leodomiro Neto
Captação e Edição de Som: Gabriel Muniz
Edição de Vídeo: Leodomiro Neto
Design Gráfico e Animação: Gabriel Muniz | Núcleo de Produção Grafiola

Praia de Itapoama, Junho do 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s