Confira as produções do mês de Maio!

Saudações amigxs, parceirxs e clientes

Ontem findamos o mês de maio com produções bastante intensas. Foi sobretudo um mês pra colocar no mundo as coisas que venho organizando. Então vamos lá:

Design

Produção Gráfica

Finalizei alguns produtos que venho desenvolvendo para participação em feiras, como as que são organizadas pela Rede de Feiras Livres -Todos os tons de NegrXs. Inicialmente temos Impressos em A3 / Cadernos em A6 / Ímãs. Em breve chegarão as camisteas em serigrafia / stencil. Veja nas imagens:

Cadernos Altos Adinkras

Cadernos em tamanho A6, 24 páginas, baseados na tradição iconográfica Adinkra – Reino de Gana. Aliando design minimalista, conteúdos símbolicos e tradição cultural, a série Altos Adinkras traz como diferencial o recurso tecnológico de realidade aumentada. Ao apontar o aplicativo Aurasma (IOS, Android) sobre as capas dos cadernos é acionada a reprodução de uma vinheta animada, baseadas em outros Adinkras (que irão compor a segunda edição da série) e na identidade visual Bamako Produção. Simplicidade, elegância, cultura e tecnologia. Adquira seu caderno Altos Adinkras! Em breve mais informações sobre encomendas (ainda estamos começando – com os dois pés direitos, rsrsrs).

 

Ilustração

A produção continua, claro. É o que move nossas ideias:

 

Projeto Gráfico

Em maio desenvolvi a identidade visual para o projeto Sistema Amaro Branco de Comunicação Independente. Como ainda está para ser lançado, postarei aqui algumas versões do selo. Quando for lançado oficialmente, disponibilizarei o manual da identidade e as aplicações aqui no site, na página Design > Projetos.

 

Audiovisual

Neste campo venho desenvolvendo projetos para captação via edital ou financiamento coletivo, além de planejamento para oficinas de design de som. Mas ainda serão encaminhadas a partir deste mês de junho.

Cineclubismo

O Cineclube Bamako fez suas aberturas de temporada no Recife e em Porto Alegre. Em terras gaúchas também temos conversado com a Frente Quilombola-RS sobre a possibilidade de sessões em quilombos da capital e interior.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Novas produções neste mês de abril!

Ilustração com a temática Violência contra a Mulher. Desenho em papel digitalizado / Pintura Digital

Saudações amigxs, parceirxs e clientes

Mês de Abril chegando ao fim e eu fico feliz ao compartilhar as novas produções que tenho realizado aqui em Porto Alegre. Muitas novidades nas áreas que tenho focado: Produção Gráfica, Ilustração, Captação / Edição de Som, Motion Graphics, Cineclubismo. Confiram:

Design:

Estampas Adinkras

Estampas baseadas nos símbolos adinkras, oriundos do reino de Gana. Tenho estudado e trabalhado as diversas formas e conteúdos, a estética destes signos junto aos seus significados. As escolhas das cores são baseadas nas cores de bandeiras de países africanos, como Costa do Marfim, Marrocos, Nigéria, Angola e Congo.

A ideia é produzir cadernos simples com encadernação manual, além de camisetas impressas com as técnicas do molde vazado (stencil) e serigrafia.

Estampas Diversas

Estampas elaboradas para confecção de ímãs de geladeira e adesivos. ilustrações antigas e recentes, manuais e/ou digitais. Boa parte foram ilustrações criadas para os cartazes do Cineclube Bamako, outras são criações livres adaptadas para pequenos formatos.

Ilustração

Também tenho continuado o desenvolvimento de ilustrações autorais, explorando novas técnicas e materiais como as canetas nankim e coloridas, lápis aquareláveis, pintura digital e desenho em em positivo / negativo. Material esse que futuramente devem gerar novos produtos.

Audiovisual

Motion Graphics

Venho desenvolvendo estudos e práticas de design e movimento na criação de vinhetas baseadas nos adinkras ou para a Bamako Produção. A ideia é gerar um link com os produtos impressos a partir de palataformas de realidade aumentada

Cineclubismo

O Cineclube Bamako em 2017 completa 5 anos de resistência. Estamos preparando atividades e ações em diversas frentes. Na elaboração de projetos de financiamento, articulações entre os estados de PE, RJ e RS e na organização da nova temporada, que acontecerá em Porto Alegre-RS a partir do mês de maio. No blog do Cineclube Bamako e suas demais redes sociais traremos mais informações. Por enquanto confiram a vinheta comemorativa:

Som

Em relação ao som, tenho continuado os estudos e práticas. Estou captando diversos ambientes na cidade de Porto Alegre, onde em breve devo desenvolver um projeto de cartografias sonoras.  Também venho fazendo parcerias com músicos e produtores de audiovisual. Um dos produtos foi o teaser abaixo, do cantor Kadinho Dias:

Confira também o áudio desta e de uma outra música:

luta de classes

03-finalizadopara este trabalho procurei uma comunicação que ao mesmo tempo em que aborda a luta de classes do mundo contemporâneo, faz uma referência direta ao mito de Adão e Eva, de maneira a acentuar as origens das lutas relacionando-as aos primeiros seres humanos, segundo a religião.

temos três personagens que dialogam entre si: a figura feminina de Eva que, apoiada num galho da árvore, oferece o único fruto da mesma, que é disputado por Adão [identificado por uma veste semelhante ao da mulher] e por uma outra figura masculina trajado com veste finas.

o Adão, apoiado nos barracos de uma favela, faz um grande esforço para conseguir o fruto, enquanto seu concorrente, sentado comodamente em seu edifício, apenas oferece uma cédula de dinheiro.

na imagem Eva, numa posíção que sugere um pulo em direção aos dois pretendentes deixa em aberto qual deles conseguirá o fruto [símbolo do pecado], se será adão, por afinidade, ou o concorrente, por interesse.

mixturação

mixturacao-artetrabalho feito à época do curso. uma ilustração para um poema de Walter Franco, mixturação.

o exercício era de mistura de cores, tonalidades etc. não saiu lá um van gogh, mas achei que consegui refletir a idéia do texto naquela época.

se fosse fazer hoje esse mesmo exercício, a interpretação seria totalmente diferente…

guache/papel e tratamento digital.

corpo em chamas

mais um improviso. dessa vez estava eu ouvindo o disco electric ladyland, de Jimi Hendrix, quando veio a vontade de desenhar aquilo que escutava.

daí veio essa figura, meio árvore, meio gente, com traços faciais que lembram o guitarrista em sua famosa apresentação no Festival de Monterey, se não me engano, em 1969.

neste dia ele tocou depois da banda The Who, cujo guitarrista Pete Townshend já havia quebrado sua guitarra… o que é que Hendrix poderia fazer? pôs fogo na guitarra!

daí eu fiz essa associação entre a árvore, estética que já venho trabalhado, o homem-guitarra Hendrix, todos queimando num só corpo…

nanquim sobre papel.