a biblioteca ambulante

também para o estudo referido anteriormente, esse desenho retrata um griot, figura polivalente, feiticeiro, poeta, historiador, curandeiro, músico, artista performático, que guarda os conhecimentos da tribo ou povoado como uma biblioteca ambulante, transmitindo oralmente a história, religião, costumes para as novas gerações. na imagem ele utiliza a tradicional máscara, que personifica e dá um outro significado à figura humana como além de si mesma; e segura o kora, instrumento de corda com qual ele entoa suas canções, faz a trilha para suas histórias e performances. grafite e nanquim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s